CRAMI realiza Sarau na Casa de Vidro e encerra o Movimento Cultural 2018

com chave de ouro

O CRAMI, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, promoveu o Sarau, no dia 13 de novembro, na Casa de Vidro, espaço cultural localizado no Lago do Café, fechando com chave de ouro as ações do Projeto Movimento Cultural, edição 2018.

O evento contou com diversas atividades simultâneas, com brincadeiras, oficina de grafite e construção de painel, roda de capoeira, artesanato, e o “palco aberto”, em que o público pode se expressar de modo voluntário e espontâneo, compondo o espaço com expressão e arte.

Desenhado para ser uma atividade de encerramento e retorno ao público atendido pelo CRAMI, o Sarau propiciou às famílias rever os trabalhos realizados no projeto Movimento Cultural e desenvolvidos ao longo do ano, por meio de exposição de fotos expostas na Casa de Vidro.

O educador social Paulo Silva destacou o “palco aberto”, “Disponibilizar às pessoas um microfone e um palco possibilita a criação de um momento de expressão. As pessoas fizeram um uso bastante significativo do espaço, cantando e dialogando, se sentindo protagonistas ali”.

Thaís Melo, educadora social do CRAMI, ressaltou a importância da intergeracionalidade propiciada pelo evento “O Sarau trouxe atividades para toda a família, para que os membros, de idades diferentes, compartilhassem as experiências”. Entre as oficinas, Thaís destacou a oficina de grafite, como “um espaço para o exercício de bastante criatividade”.

A atividade promovida pelo CRAMI faz parte das ações do projeto Movimento Cultural, que prevê atividades multidisciplinares, a fim de propiciar o desenvolvimento das crianças e dos adolescentes atendidos pela instituição em diversos aspectos – emocionais, sociais, cognitivos e motores.

O CRAMI Campinas exerce um papel fundamental para a garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes da cidade de Campinas. Aqueles que quiserem colaborar com os projetos, podem acessar: www.cramicampinas.org.br/como-colaborar/.