Posts

CRAMI vai atender 300 famílias a partir de abril

O CRAMI Campinas aumentará a meta de atendimento de 270 para 300 famílias, após processo de seleção convocado pela Prefeitura de Campinas para organizações da sociedade civil. Desde 2017, o contrato do CRAMI com a Secretaria de Assistência Social era aditado anualmente. Este ano, a Prefeitura Municipal de Campinas abriu Edital de Chamamento para que as organizações da sociedade civil (OSC) enviassem suas propostas para oferecer serviços socioassistenciais complementares. O CRAMI vai continuar sendo parceiro da Prefeitura Municipal de Campinas no Serviço Especializado de Proteção Social a Família – SESF.

O SESF foca no atendimento de crianças, adolescentes, adultos e idosos de ambos os sexos e suas famílias vítimas dos diferentes tipos de violência doméstica, abuso e exploração sexual, abandono, exploração financeira e trabalho infantil com existência de outras violações de direitos.

Dessa forma, nossa instituição passará a atender 210 famílias na Região Noroeste e 90 famílias na Região Leste da cidade. “Queremos cada vez mais ampliar o atendimento e, assim, auxiliar na construção de um futuro melhor para crianças, adolescentes e suas famílias”, afirma o presidente-voluntário do CRAMI, Tadeu Santomauro. A novidade deste ano é a exigência da que as instituições tenham locais de atendimento nas regiões designadas. Assim, o CRAMI passará a ter um espaço na Região Noroeste que está sendo preparado para receber as famílias.

A execução do SESF pelo CRAMI em regime de mútua cooperação com a prefeitura de Campinas inicia em abril e vai até 31 de março de 2021.

Desempenho

O desempenho do CRAMI foi excelente, atingindo a pontuação máxima nas duas regiões em que elaborou a proposta de parceria. No ranking de classificação das organizações, o CRAMI ficou em primeiro lugar na Região Noroeste e em segundo lugar na Região Leste (apenas por conta do critério de maior tempo de abertura no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ).

“O processo de construção das propostas exigiu um grande empenho da equipe. Uma comissão de funcionários foi montada e por pelo menos um mês a equipe se debruçou na escrita do documento, que também teve o acompanhamento da diretoria”, explica a Coordenadora Técnica, Alessandra Saldanha. A divulgação do edital ocorreu em meados de novembro e o resultado final aconteceu no dia 28 de janeiro.