Projeto Bassoli Ativo inicia na região Noroeste

O CRAMI iniciou no dia 17/07 o projeto Bassoli Ativo, que tem como objetivos a diminuição da violência e dos índices de violações de direitos das crianças e adolescentes. Para isso, o projeto proporciona atividades que possibilitam a ampliação do repertório sociocultural dos participantes, fortalecendo os vínculos familiares, ao mesmo tempo em que amplia a rede de proteção, a noção de território, família e cuidado.
O Bassoli Ativo está sendo realizado em parceria com a Escola Estadual Antônio Carlos Lehman, no Conjunto Residencial Parque São Bento, e acontece todos os sábados, das 8h às 12h. Algumas das atividades oferecidas são: oficinas de brincadeiras infantis: amarelinha, pião, pular corda, queimada, três marias; oficina de teatro comunitário, oficinas de identidade e corpo, comunidade sustentável, oficina de tecnologia de mídias, danças urbanas e capoeira. Até o momento, 61 crianças e adolescentes, com média de idade de 06 a 14 anos estão participando semanalmente.
“É possível perceber que os participantes já se vincularam com a equipe executora do projeto e estão demonstrando suas aptidões e preferências por algumas atividades. O Bassoli Ativo é de grande importância, pois acontece numa região carente de atividades esportivas, culturais e de lazer”, afirmou a coordenadora do projeto, Alessandra Saldanha.
O projeto é viabilizado com recursos da destinação do Imposto de Renda.