Crami realiza Simpósio em comemoração aos 32 anos

Na manhã do dia 07 de julho, sexta-feira, ocorreu o terceiro simpósio em comemoração aos 32 anos do aniversário do Crami Campinas, no auditório da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas. Com o tema “Cuidados: do excesso à privação”, o evento teve como objetivo refletir sobre os impactos do excesso e da privação de cuidados no desenvolvimento infantil. De acordo com a pesquisa de satisfação, os participantes aprovaram o formato do simpósio, com uma nota média geral em 9,16.

A programação iniciou com a fala da psicóloga do Crami, Fabiana Belintani, em nome da comissão organizadora, destacando o motivo da realização do evento. Fabiana refletiu sobre o trabalho realizado no CRAMI que tem como foco as  violações de direitos, que por ser um terreno árido,  necessita de eventos como esses que contemplem e que busquem refletir a cerca de temas que tornem este campo de trabalho mais fértil: “Diante dessas questões, precisamos pensar como devemos proceder para ter uma relação de ajuda eficaz para com os atendidos”, ressaltou a psicóloga.

Em seguida, a psicóloga e psicanalista de crianças, jovens e adultos, Luciana Rodrigues, apresentou a  palestra “A constituição do sujeito a partir da relação com o outro: desejo, amor e privação”,  abordando aspectos do processo da constituição do sujeito a partir da relação com o outro, ressaltando a importância da função materna e paterna e como tais funções instalam o sujeito no mundo, fazendo-o conceber a realidade e organizar sua existência de forma promissora ou não a partir do lugar simbólico que ocupa.

O segundo palestrante convidado, o professor José Martins Filho, pediatra e professor titular emérito de pediatria da UNICAMP, falou sobre “O stress tóxico infantil e as relações familiares no mundo atual”, refletindo sobre as relações familiares e a criança no mundo de hoje. Em sua fala, José Martins abordou também o quanto as mudanças sociais, políticas, familiares  e econômicas, geram no mundo atual, novas formas de ver a infância e a adolescência. O pediatra, destacou que a criança é o futuro da humanidade, e para isso, a família precisa ter tempo para brincar, acompanhar e apoiá -la, pois uma criança dificilmente é feliz sozinha.

Um dos pontos levantados na pesquisa de opinião foi o número considerável de participantes sugerindo que a programação se estenda ao longo do dia para que as falas e o debate possam ser feitos com maior tempo.  “O simpósio novamente nos surpreendeu pela presença  expressiva dos profissionais e estudantes da área, e, por, em sua maioria, de pessoas de cidades da região metropolitana de Campinas”, avalia a Comissão Organizadora.

O Crami agradece o apoio da Sociedade de Medicina e Cirurgia de Campinas, pela cessão do seu auditório para a realização do evento e também a Unimed Campinas que doou as pastas, canetas e cadernos de anotação.