Educação Social realiza oficina de Literatura Marginal

Entre os dias 23 de agosto e 13 de setembro, a Educação Social promoveu oficinas do projeto Crami Cultural usando como expressão artística a “Literatura Marginal”. Este tipo de linguagem literária é proveniente das classes populares e possibilita a esse público expressar e dar visibilidade à sua história de vida e aos seus questionamentos sociais.

As oficinas trabalharam temas como família, violência, polícia, fé, felicidade, sonhos, política, entre outros. Para expressar cada um desses temas foram utilizadas as técnicas do lambe-lambe e do stencil (recurso usado para aplicar um desenho através da aplicação de tinta, aerossol ou não, através do corte ou perfuração em papel ou acetato) e como resultado final dos encontros um mural interativo foi construído.